Revestimentos cimentícios: tudo o que você precisa saber sobre essa tendência!

Há algum tempo, os revestimentos cimentícios eram apenas usados em calçadas e pequenos detalhes externos – sem que tivessem uma grande relevância nos projetos.

Porém, com o uso de tecnologias mais modernas, modelagens ousadas e materiais diferenciados esse tipo de revestimento começou a ganhar novas aplicações e a transformar projetos de áreas internas e externas, trazendo muito mais versatilidade e sofisticação.

Você quer aproveitar essa tendência na sua próxima obra? Então veja quantas informações interessantes nós trouxemos!

O que são os revestimentos cimentícios?

Como o próprio nome sugere, esses revestimentos são produzidos a partir do concreto e contam também com outras matérias-primas, como seixo, pedras naturais, vidro, granitinas, etc. Em muitas das vezes esses itens agregados são resíduos de outras atividades (por exemplo a mineração) ou reciclados, tornando o revestimento cimentício mais ecologicamente correto.

Todo o processo de fabricação é feito de forma artesanal, consumindo uma quantidade baixa de energia e gerando pouco desperdício.

Quando a fábrica desenvolve a fórmula do piso ela considera as características estéticas e também de durabilidade e uso que o revestimento terá, misturando o concreto aos agregados e pigmentações. Depois de pronta, essa mistura é colocada em formas e passará pelo processo de cura.

Após ser desenformado, o revestimento passa por vários tratamentos, como a impermeabilização, aumentando a durabilidade do produto, principalmente em relação à trincos e quebras.

Quais as vantagens dos revestimentos de cimento?

Depois de ler um pouco mais sobre o que são esses revestimentos de cimento, já deu para notar algumas vantagens, não é mesmo? Veja as principais:

  • são opções mais corretas ecologicamente;
  • podem ser usados em áreas internas e externas, sem que a exposição ao sol ou à chuva interfira na sua beleza;
  • possuem uma alta durabilidade;
  • a manutenção é simples e não necessita de produtos específicos;
  • existem opções para todas as necessidades, como revestimentos atérmicos, drenantes, antiderrapantes e assim por diante;
  • são versáteis e podem ser aplicados em qualquer projeto, como pisos, revestimentos de parede, calçadas, jardins, rodapés, bordas de piscina, escadas e muito mais;
  • é possível encontrar opções que reproduzem superfícies variadas, como as versões com acabamento amadeirado;
  • contam com um efeito visual superior, principalmente no caso dos revestimentos em 3D.

Onde eu posso usar esses revestimentos cimentícios na minha obra?

Como dissemos, os revestimentos cimentícios são extremamente versáteis, já que podem ser aplicados em praticamente qualquer ambiente.

Nas áreas externas, eles ficam ótimos nas paredes, reproduzindo materiais mais rústicos, como os tijolinhos à vista e ajudando a compor a área da churrasqueira. Outra aplicação é na borda da piscina, substituindo as pedras naturais, com materiais atérmicos e antiderrapantes, que além de lindos, ainda trazem mais conforto durante o uso.

Mas, engana-se quem acha que esses revestimentos apenas devem ficar na parte de fora da casa. Hoje é possível encontrar linhas mais finas que podem ser usadas em salas, quartos, bibliotecas e até banheiros e cozinhas.

Captura de Tela 2018-07-06 às 11.23.03
Foto: Reprodução / Castelatto

Os cobogós (ou elementos vazados) também estão em alta, ajudando a fechar os ambientes, mas mantendo a ventilação e a luminosidade, separando os cômodos e embelezando a decoração.

O cobogó de concreto é desenvolvido com a mesma tecnologia dos revestimentos cimentícios e, além de bonito, é extremamente seguro e resistente, com modelos mais rústicos e outros com design extremamente delicado e moderno, podendo aparecer tanto na área externa, como interna.

Contraindicações

Apesar da sua versatilidade, existem alguns locais que não devem receber esse tipo de revestimento, como a parte interna do box (que possui um alto nível de umidade e pouca incidência de sol) e outros locais que possuem essas mesmas características.

Quais os cuidados de instalação e manutenção?

Para conseguir trazer toda essa versatilidade e sofisticação a sua obra é muito importante ter atenção em relação ao assentamento desses revestimentos, contando com uma equipe especializada.

Isso porque o revestimento de cimento precisa de algumas condições ideais para a sua aplicação, como ausência de umidade, base regular e uma limpeza adequada do local, além de conhecimento técnico específico.

Depois de instalado, é preciso aguardar 72 horas para fazer a primeira limpeza. Embora esse seja um revestimento fácil de manter, nas áreas externas é importante realizar a impermeabilização de tempos em tempos, geralmente a cada 12 ou 24 meses.

No dia a dia, a limpeza deve ser feita apenas com detergentes neutros e sem cor. Nas áreas externas, é possível usar as lavadoras de alta pressão, na opção leque, com sabão neutro. Para tornar os cuidados ainda mais simples, pode ser aplicada a cera líquida incolor em média a cada 4 meses.

E, claro, evite arrastar móveis e usar produtos agressivos durante a limpeza, tornando o cimentício bonito por muito mais tempo.

Depois de ler este conteúdo, você acredita que os revestimentos cimentícios sejam ideais para a sua obra? Se você curtiu as nossas dicas, compartilhe este post com os seus amigos nas suas redes sociais!

Foto da capa: Reprodução \ Castelatto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s